Produtores de batata doce de Sergipe se unem para tornar a atividade mais rentável

Mais de 70 agricultores formaram uma cooperativa para beneficiar o alimento, garantindo que ele seja vendido pelo Nordeste do país. No agreste de Sergipe, o município de Moita Bonita se destaca na produção de batata doce. Por lá, pequenos agricultores se uniram e transformaram a cultura em um negócio que vai do plantio ao beneficiamento.
Assista a todos os vídeos do Globo Rural
O cultivo no município ocupa 1.500 hectares, são produzidas cerca de mil toneladas, que vão abastecer os mercados do Nordeste. Por causa da batata doce, os agricultores da cidade se uniram com o mesmo objetivo: tornar a cultura mais rentável.
A força de trabalho fez surgir a primeira cooperativa de produtores de batata doce do agreste de Sergipe. São 77 produtores que beneficiam o produto para virar uma farinha que é vendida em todo estado. Ela fez sucesso e passou a fazer parte da merenda escolar da região.
Cerca de 25% dos impostos arrecadados em moita bonita vêm da do cultivo da batata doce, e o sistema de irrigação na região foi implantado pela cooperativa de produtores.
Saiba mais na reportagem completa no vídeo acima.
Veja notícias do Agronegócio no G1
Fonte: ECONOMIA

Aqui você pode expressar sua opinião livremente.