As impressionantes imagens do navio fantasma que encalhou na Irlanda após atravessar o Oceano Atlântico


Após ser abandonada em setembro de 2018 perto das Bermudas, embarcação ficou à deriva por cerca de um ano e meio até encalhar no condado de Cork, na República da Irlanda. Imagem do navio que apareceu na costa do Condado de Cork, na Irlanda
Cathal Noonan / AFP
No começo desta semana, após os fortes ventos trazidos pela tempestade Dennis, no Reino Unido e no oeste da Europa, um navio de carga “fantasma” apareceu na costa do condado de Cork, na Irlanda.
Imagens aéreas da Guarda Costeira da Irlanda mostravam a enorme embarcação de 80 metros de comprimento encalhada perto da vila de pescadores de Ballycotton.
Navio que parece ter ficado à deriva por mais de um ano, na costa da Irlanda
Cathal Noonan / AFP
Agora os fotógrafos começam a visitar e registrar imagens mais próximas desse gigante preso às rochas da costa.
Expedição revela que o Titanic está se desintegrando
O ‘navio dos milagres’ que resgatou 14 mil refugiados norte-coreanos no Natal
A embarcação esteve abandonada por quase um ano e meio, período durante o qual cruzou milhares de quilômetros pelo Oceano Atlântico após ter sido tripulado pela última vez em 2018, perto das ilhas Bermudas.
Embarcação que esteve abandonada por quase um ano e meio até aparecer na Irlanda
Cathal Noonan / AFP
Em setembro de 2018, a embarcação teve problemas durante uma viagem entre a Grécia e o Haiti. Uma falha elétrica tinha deixado a embarcação à deriva por cerca de 20 dias perto das Bermudas.
Enquanto seus dez tripulantes tentavam consertar o problema, um furacão que se aproximava da região obrigou a Guarda Costeira a retirar todos da embarcação.
Fotógrafos e curiosos perto do navio fantasma que apareceu na Irlanda
Cathal Noonan / AFP
Desde então, o navio ficou abandonado. A última vez que tinha sido visto foi em setembro de 2019, no meio do Oceano Atlântico, por um barco da Marinha britânica.
“Isso só acontece uma vez em um milhão”, disse John Tattan, um dos guardas marítimos da região de Cork.
Initial plugin text
Construído em 1976, o navio batizado de Alta e de bandeira da Tanzânia, teve antes outros vários nomes e donos.
Navio foi construído em 1976 e batizado de Alta; ele tem bandeira da Tanzânia
Cathal Noonan / AFP
Nesta semana, com o encalhe do navio em Cork, os curiosos puderam finalmente ver de perto a embarcação.
Segundo as autoridades locais, até agora não houve registro de vazamentos de substâncias nocivas.
Navio aparece na costa da Irlanda
Juliane Souza/G1
O destino da embarcação será agora decidido pelo conselho local do condado de Cork.
Segundo o jornal “Irish Times”, uma pessoa que declarou ser representante do dono do barco se apresentou para reivindicar a propriedade sobre os restos.
Barco tinha sido visto pela última vez em setembro de 2019 por um navio da Marinha Real Britânica
Cathal Noonan / AFP
Fonte: MUNDO

Aqui você pode expressar sua opinião livremente.