Índices da China sobem pelo 7º dia com menor preocupação sobre vírus

Índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, subiu 0,81%, enquanto o índice de Xangai avançou 0,87%. Os índices acionários chineses fecharam em alta pela sétima sessão seguida nesta quarta-feira (12), após autoridades informarem o menor aumento diário nos casos de infecção de coronavírus em quase duas semanas, acalmando os investidores sobre o impacto econômico da epidemia.
O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, subiu 0,81%, enquanto o índice de Xangai avançou 0,87%.
O subíndice do setor financeiro ganhou 0,4%, o de consumo teve alta de 0,2%, o imobiliário caiu 0,2% e o de saúde subiu 1,5%.
Doença provocada pelo novo coronavírus ganha nome: Covid-19
Na China continental, houve 2.015 novos casos confirmados na terça-feira, menor número desde 30 de janeiro, quando 1.982 novos casos foram confirmados. Isso dá crédito à previsão de um assessor médico do país de que o surto pode acabar até abril.
Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,74%, a 23.861 pontos.
Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,87%, a 27.823 pontos.
Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,87%, a 2.926 pontos.
O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 0,81%, a 3.984 pontos.
Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 0,69%, a 2.238 pontos.
Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,94%, a 11.774 pontos.
Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 1,51%, a 3.223 pontos.
Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,47%, a 7.088 pontos.
Fonte: ECONOMIA

Aqui você pode expressar sua opinião livremente.