Citigroup suspende negociador de títulos por furto na cantina

O Citigroup suspendeu um de seus principais negociadores de títulos de Londres por furto na cantina do escritório.
Paras Shah deixou repentinamente o cargo no mês passado. Era chefe de operações do Citi para a Europa, Médio Oriente e África e era considerado um dos melhores profissionais na negociação de dívida de elevada rentabilidade (yield).
O Financial Times informou que o banco suspendeu Shah alegando que ele havia furtado comida da cantina em seu escritório em Canary Wharf, citando quatro pessoas próximas dele.
Paras Shah juntou-se ao Citi em 2017 depois de mais de seis anos no HSBC.
Shah é formado em economia pela Universidade de Bath e ingressou no HSBC após se formar em 2010.
Outros casos
Instituições e reguladores financeiros britânicos costumam adotar uma posição dura em relação aos executivos que se envolvem em má conduta pessoal.
Em 2016, o banco japonês Mizuho demitiu um comerciante de Londres depois que ele foi pego levando um guarda-corrente de 5 libras da bicicleta de um colega.
Marius Caracota disse que pegou o acessório porque achou que era seu e processou o banco por sua demissão, mas perdeu o caso no ano passado.
Em 2014, a Autoridade de Conduta Financeira proibiu um ex-executivo da Blackrock de ocupar cargos importantes no setor financeiro do Reino Unido depois de descobrir que ele não pagava as passagens de trem em seu trajeto para a cidade.
Jonathan Burrows, que trabalhou como diretor administrativo da Blackrock Asset Management, acabou pagando 43 mil libras para resolver o caso.
Fonte: ECONOMIA

Aqui você pode expressar sua opinião livremente.