Responsável pelo programa de concessões do governo seguirá no cargo, diz ministério


Programa de Parcerias de Investimentos foi transferido da Casa Civil para Ministério da Economia em meio a uma crise na pasta. Martha Seillier assumirá secretaria especial. Martha Seillier, responsável pelo Programa de Parcerias de Investimentos (PPI)
Valter Campanato/Agência Brasil
O Ministério da Economia divulgou uma nota nesta segunda-feira (3) na qual informou que a secretária do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), Martha Seillier, permanecerá no cargo e assumirá uma nova secretaria especial na pasta.
Na semana passada, o presidente Jair Bolsonaro decidiu transferir o PPI da Casa Civil para o Ministério da Economia, em meio a uma crise na pasta. Na ocasião, o então número dois da pasta, Vicente Santini, usou um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) para viajar à Índia. Ele foi demitido do cargo.
No Ministério da Economia, contudo, já existe a Secretaria de Desestatização, Desinvestimentos e Mercados, e nesta segunda-feira o ministro Paulo Guedes se reuniu com Martha Seillier.
“O Ministério da Economia informa que o Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) será incorporado ao órgão na forma de uma nova secretaria especial e seguirá sob o comando da secretária Martha Seillier”, informou o ministério.
“A diretriz dada pelo ministro Paulo Guedes é maximizar esforços conjuntamente com a Secretaria de Desestatização, Desinvestimentos e Mercados para acelerar o programa de privatização de empresas estatais”, acrescentou a pasta.
Bolsonaro tira programa de parcerias de investimentos da Casa Civil
Mudanças no PPI
A mudança do PPI da Casa Civil para o Ministério da Economia é a segunda no comando do programa em um ano, a terceira desde que o plano foi criado, em 2016.
A estrutura inicialmente estava abrigada na Secretaria-Geral da Presidência. No governo de Jair Bolsonaro, migrou para a Secretaria de Governo e, na sequência, para a Casa Civil.
Perfil
De acordo com o site do PPI, Martha Seillier é formada em direito pelo Centro Universitário de Brasília (UniCeub) e bacharel e mestre em economia pela Universidade de Brasília (UnB);
Martha Seillier já atuou como CEO da Infraero e foi assessora-chefe da Casa Civil, participando das equipes que discutiram as reformas trabalhista e da Previdência.
Fonte: ECONOMIA

Aqui você pode expressar sua opinião livremente.