Bovespa opera em queda no último pregão do mês


No dia anterior, índice avançou 0,12%, a 115.528 pontos. Coronavírus continua impactando Bolsas asiáticas; entenda o mercado
O principal índice da bolsa de valores brasileira, a B3, opera em queda nesta sexta-feira (31), de olho nos desdobramentos dos riscos relacionados ao coronavírus e seu possível impacto econômico na China.
Às 10h12, o Ibovespa caía 1,32%, a 114.001 pontos. Veja mais cotações.
No dia anterior, o Ibovespa subiu 0,12%, a 115.528 pontos.
Variação do Ibovespa em 2020
Arte G1
O movimento de queda na maior parte do dia anterior acompanhou a preocupação dos investidores com a disseminação do coronavírus pelo mundo. Porém, ao final da pregão, a bolsa inverteu direção e terminou com leve alta, seguindo a recuperação de grandes empresas listadas na B3.
Coronavírus
Em todo o mundo, investidores temem as consequências do surto de coronavírus para o crescimento da segunda maior economia do mundo.
A Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou nesta quinta-feira que a epidemia de coronavírus na China agora constitui uma emergência de saúde pública de interesse internacional. O número de mortos pelo vírus já passa de 200 em 21 países. A China continua sendo o mais afetado.
O que se sabe e o que ainda é dúvida sobre o coronavírus
O receio do mercado é que o surto afete a demanda dos consumidores e tenha impactos mais diretos e abrangentes sobre a atividade econômica, uma vez que o mercado tem na memória a epidemia de SARS de 2002 a 2003, também na China.
Fonte: ECONOMIA

Aqui você pode expressar sua opinião livremente.