Coronavírus faz Toyota prorrogar por uma semana paralisação de suas fábricas na China


Unidades estão paradas desde 23 de janeiro pelas férias de Ano Novo, mas a retomada das atividades foi adiada. A montadora japonesa Toyota anunciou nesta quarta-feira (29) a prorrogação por uma semana da suspensão das atividades em suas fábricas na China, até 9 de fevereiro, pela crise de saúde provocada pelo coronavírus de Wuhan.
“Vamos supervisionar a situação e tomar uma nova decisão depois desta data”, disse um porta-voz do grupo.
A Toyota tem três fábricas de veículos na China, uma em Guangzhou (sul) em parceria com a chinesa GAC e duas, em parceria com a FAW, em Tianjin, perto de Pequim (nordeste), e em Sichuan (centro).
Funcionário remove lixo hospitalar de centro médico de Wuhan, epicentro da epidemia de coronavírus, na China
AP Photo/Dake Kang
As fábricas estão paradas desde 23 de janeiro pelas férias de Ano Novo, mas a retomada das atividades foi adiada por “vários fatores, incluindo as instruções das autoridades locais e regionais”, explicou o porta-voz da empresa.
As demais oito fábricas de produção (peças e componentes) da Toyota na China também estão paralisadas.
O coronavírus descoberto na cidade chinesa de Wuhan deixou 132 mortos e contaminou quase 6.000 pessoas na China continental, de acordo com o balanço mais recente.
Coronavírus: autoridades chinesas alertam que número de casos deve subir até estabilizar
Casos de coronavírus pelo mundo – 29/01 9H
Juliane Monteiro/ G1
Initial plugin text
Fonte: MUNDO

Aqui você pode expressar sua opinião livremente.