Bovespa abre em alta após tombo na véspera


Na véspera, Ibovespa fechou em queda de 3,29% a 114.481 pontos. O principal índice da bolsa de valores brasileira, a B3, abriu em alta nesta terça-feira (27) em alta, após tombo de mais de 3%, com o movimento desta sessão alinhado à recuperação de outras praças acionárias no exterior diante do aumento dos esforços globais para conter o coronavírus.
Às 10h12, o Ibovespa subia 0,87%, a 115.481 pontos. Veja mais cotações.
Na véspera, a bolsa fechou em queda de 3,29%, a 114.481 pontos. Foi o maior recuo desde março de 2019. No ano, a bolsa eliminou os ganhos e passou a acumular queda 1,01%.
Ao todo, as empresas listadas na bolsa perderam na segunda-feira R$ 132 bilhões em valor de mercado, segundo levantamento feito pela Economatica. Os papéis das siderúrgicas, grandes exportadoras para o mercado de chinês, puxaram as quedas do índice.
Surto de coronavírus na China
O número de mortos por coronavírus na China já passa de 100. O número de infectados já passa de 4,5 mil. O vírus já se espalhou para mais de 10 países, incluindo Estados Unidos, França, Austrália e Cingapura.
Nesta terça-feira, Hong Kong anunciou que suspenderá linhas férreas utilizadas por trem de alta velocidade que ligam o território semiautônomo com a China continental a partir de quinta-feira (30) em uma tentativa de conter a expansão do coronavírus, que já provocou 106 mortes.
Em uma tentativa de conter a propagação da doença, o governo chinês suspendeu as comemorações do Ano Novo Lunar e estendeu o feriado até o dia 2 de fevereiro. Grandes empresas fecharam as portas ou disseram aos funcionários para trabalhar de casa.
O que se sabe e o que ainda é dúvida sobre o novo vírus
Coronavírus: o avanço da doença que já afeta 4 continentes impactará a economia mundial?
Mercado financeiro reage ao avanço do coronavírus: bolsas pelo mundo caem e dólar sobe
O receio do mercado é que o surto afete a demanda dos consumidores e tenha impactos mais diretos e abrangentes sobre a atividade econômica, já que o mercado tem na memória a epidemia de SARS de 2002 a 2003, também na China.
O principal índice ações do Japão atingiu nesta terça-feira mínima de fechamento de três semanas. Já as bolsas europeia não tinha uma tendência definida nesta manhã.
Já os preços internacionais do petróleo tinham mais uma sessão de queda. O barril de Brent, a referência global, era negociado em queda de 1%.
Variação do Ibovespa em 2020
Arte/G1
Fonte: ECONOMIA

Aqui você pode expressar sua opinião livremente.